(21) 3641-5121 | contato@rvfitness.com.br RV Fitness Rua Manuel Dias, 65, 25965-660 Teresópolis
Crossfit ou treinamento funcional: Você sabe a diferença?

Crossfit ou treinamento funcional: Você sabe a diferença?

Crossfit ou treinamento funcional? Eis a questão!

Praticar atividade física é algo essencial para qualquer pessoa, não importa a idade. Também é importante que essa atividade seja compatível com os objetivos que cada um deseja alcançar. E, para escolher da melhor maneira, é necessário conhecer de forma mais profunda as diferenças entre algumas práticas físicas que costumam ser confundidas.

Um ótimo exemplo é o Crossfit ou treinamento funcional. São duas modalidades bem distintas de exercício físico, mas que costumam ser confundidas. Isso é compreensível, já que muitas academia podem misturar essas duas práticas em um único treino deixando-o mais interessante para os praticantes.

Vejamos abaixo quais são as principais diferenças entre esses dois exercícios físicos!

 

Conceitos

Crossfit ou treinamento funcional? Conceitos

Começaremos pelo básico, ou seja,  o que é cada exercício. O Crossfit é uma marca registrada, assim, só quem pode oferecer essa modalidade é uma empresa cujo dono fez o curso específico. Os movimentos são inspirados nos treinamentos para levantadores de peso olímpicos, atividades metabólicas e ginástica olímpica.

Já o treinamento funcional possui movimentos baseados no nosso dia a dia. Assim, você fará exercícios de pular, puxar, correr, agachar, empurrar e todos os outros que são, de alguma forma, usados no nosso dia a dia.

Agora você já sabe a principal diferença entre crossfit ou treinamento funcional, vamos a algumas particularidades

 

Intensidade – Qual é mais forte? Crossfit ou treinamento funcional?

Crossfit ou treinamento funcional - intensidade

 

O Crossfit é classificado como uma atividade de elevada intensidade. Os treinos são divididos em intervalos de treinos fixos chamados de “wods” e há um intervalo curto entre cada um deles com uma média de 30 segundos a 1 minuto. Portanto, não há muito descanso e é preciso seguir uma sequência de movimentos o máximo de vezes possível.

O treinamento funcional pode ser intenso ou não. Depende muito da necessidade de cada praticante e também do tempo como sedentário. É possível começar com exercícios leves, em um ritmo menor, com intervalos de descansos maiores e aumentar a intensidade progressivamente.

 

Carga

O Crossfit costuma utilizar cargas extras para que o movimento seja realizado. Nesse ponto, o usuário pode fazer tudo de forma progressiva, ou seja, começar com pouco peso e, ao longo do tempo, aumentá-lo. Isso evita, por exemplo, lesões em diversas articulações. É muito importante respeitar os limites do corpo.

No caso do Treinamento Funcional a carga é o próprio peso do corpo, ou seja, aqui você não verá objetos como anilhas e pesos. Assim, o esforço acaba sendo proporcional à necessidade e aos objetivos: quem precisa perder mais peso acaba sendo obrigado a fazer um maior esforço por conta da carga que o corpo impõe.

Há também muitos pontos semelhantes entre esses dois tipos de exercício físico. Eles oferecem maior fortalecimento muscular, definição corporal, perda de gordura, maior coordenação motora, elasticidade e melhora o condicionamento cardiorrespiratório. Faça um teste e veja qual deles é mais compatível com o seu objetivo e personalidade.

E ai, agora que você já esta por dentro de tudo, qual você prefere? Crossfit ou treinamento funcional?

Comece hoje o seu teste e inscreva-se nas aulas de Crossfit ou em nossa aula de Treinamento Funcional e faça uma experiência!

Compartilhe:

Comments

comments

Fechar Menu
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial